domingo, 28 de agosto de 2011


Eu que me dizia estar acima da paixão, encontro- me agora de mãos dadas com esse débil sentimento, não que ele te faça perder a razão ... você só decidi que usa-la e desnecessário, faz perder todo o encanto ... Encanto... estar com você tornou-se o meu pódio, a linha de chegada pela qual eu tanto almejo...  O  teu ombro é o encaixe para o meu descanso, o teu abraço protetor, a tua voz sempre agradável narrando o nosso futuro , as tuas graças,as tua crises , tudo parece ter sido feito perfeitamente , cuidadosamente calculado  para mim. Como se o resto do mundo não entendesse, mais nós sim... A vida tornou-se nossa, assim mesmo ... Minha e sua . Provou-me então , que o amor existe e vale muito a pena!
                                       [Lindsey Graeff]

domingo, 14 de agosto de 2011

MEXA-SE BRASIL, MEXA-SE GOVERNO , MEXA-SE MUNDO , OLHA TEUS FILHOS!

 Mexa-se você!!
                                      Eu tentei escrever alguma coisa por uma hora mais ou menos, mais a tristeza a impotência é tamanha que nada saiu ... Só penso que  de algum modo, EU VOU FAZER ALGUMA COISA, só consigo pensar em toda a nossa vaidade , e em todos os problemas que não temos e em tudo que não fazemos !
                   

Memorias soltas.

E as coisas são simplesmente isso.. Talvez seja esse meu desapego interminável ... A minha incrivel capacidade de adaptação, e por outro lado ....Desadaptação , aliada a falta de animo, hoje não a nada que me motive, nada... Pessoas, mentes ,e as minhas naufragas ideias juntam-se a quase costumeira ausência do teu corpo,eu digo corpo por que de algum modo sei que voce está comigo. Como eu gostaria de também estar com você.
                               [Lindsey Graeff]

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Simples de coração!

Eu te proponho, desmonte o sistema ... encontre a beleza na simplicidade, enxergue a REAL sabedoria . Você diz " Maluco " eu digo CORAJOSO . O que nos falta é o desapego as coisas materias, viajar,conhecer, se tivéssemos a coragem que eles tem certamente não seriamos jovens BITOLADOS , essa sociedade sem verdades, um bando de mané's!

sexta-feira, 8 de julho de 2011

encontrando plenitude na estrada percorrida.

Uma semana tem sete dias, você estuda ou trabalha 5, tem 2 ou até mesmo 1 dia de folga. Um ano tem 12 meses , e estudamos e trabalhamos a maioria dele. O que eu quero que entenda, é que a maior parte de nossa vida estamos percorrendo determinado caminho, que nos leva a algum lugar ... mais as pessoas não costumam encarar o " Caminho como uma dadiva", um premio, e por isso não encontram plenitude.
O caminho costuma ser um fardo pesado, mais o que não vemos é que o caminho é o verdadeiro PREMIO. A vida de atleta me ensinou essa dura mais interessante lição.
            Horas de cansaço físico, pressão psicológica, sem falar nos roxos, no seu limite físico batendo a porta ... Parece loucura, desnecessário ... Mais não quando você aprende a amar a estrada, quando o caminho torna-se mais importante do que a medalha em si , do que o diploma, do que o salário no fim do mês.  A partir do momento em que você aprende a amar o caminho , ser feliz torna-se mais fácil, e até mais constante . 
                         

segunda-feira, 4 de julho de 2011

# Naufragos Da Revolução

  • Observei que alguns não me intendiam, como se eu falasse outra língua.. De inicio me chatiei : “ Como podem ?” Pensei .  Mais quantos de vocês eu não intendo? [ Lindsey Graeff]
  • È verdade, o meu futuro não está milimetricamente calculado . Eu não tenho o controle , e por mais difícil que seja admitir , não ,as coisas não dependem unicamente de mim. Mais sei bem o que eu não quero, não quero ser como vocês ... Será que não vêem? A perfeição é chata, e vocês vestem a fantasia ... Fantasiam-se de algo que não são ! [Lindsey Graeff]
  • Lamento, a normalidade é um manequim menor que o meu. Somente não me serve. [L.Graeff]